Armando Martins Janeira, Japão, A Construção de Um País Moderno

Editorial Inquérito, Lisboa, 1985

Japão, A Construção de Um País Moderno é o último livro que Armando Martins Janeira publica. Nesta análise histórica e económica dos caminhos de modernização e de sucesso económico do Japão, datada de 1985, Janeira incita Portugal a seguir o exemplo nipónico. No espaço de um século, o Japão deixa de ser um país feudal e atrasado para se transformar no país mais progressivo do mundo. São as razões desta viragem, e a forma como Portugal poderá utilizar tais ensinamentos, que Janeira aqui nos expõe. Com O Impacto Português sobre a Civilização Japonesa e Figuras de Silêncio, este estudo encerra, digamos, uma importante trilogia que Armando Martins Janeira dedica ao Japão, tendo sempre Portugal como ponto de partida ou de chegada para as suas considerações.

«Quanto mais tarde arranca o processo de desenvolvimento [de um país], mais complexos se tornam os modos de o realizar, porque é hoje mais difícil competir internacionalmente, quer quando se trata de países de frágeis estruturas políticas e administrativas e recursos económicos pouco explorados, como certos países asiáticos e africanos, quer se trate de países que, por envelhecimento das instituições, ou por falta de cultura do povo, se atrasaram no processo de modernização, como é o caso de Portugal. No primeiro caso, o problema fundamental – como se viu no exemplo japonês – é como seleccionar os valores importados da cultura ocidental, ponderar sobre quais os valores da herança tradicional que devem ser conservados e elaborar a combinação harmoniosa de uns e outros valores; no caso dos países de civilização europeia, o problema é de revisão e renovação das estruturas, pondo de parte tudo o que é já morto no passado e escolher a via da modernização adequada à cultura, economia e carácter do país em causa.»

Armando Martins Janeira, Japão, A Construção de Um País Moderno

Se quiser receber mais informações sobre esta obra, por favor contacte-nos.